Aleam realiza Sessão Especial em Homenagem aos 50 Anos de Criação do FGTS

By -

 

 

aleam-sinesio-fgts

 

A Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas ( Aleam), realizou nesta quinta – feira (29), uma Sessão Especial em Homenagem aos 50 Anos do FGTS- Fundo de Garantia por Tempo de Serviço no Brasil.

De autoria do  deputado estadual Sinésio Campos, a Sessão contou com a entrega de Placas e certificados de Honra ao Mérito aos presentes como, o superintendente nacional do FGTS, administrado pela Caixa Econômica Federal, Henrique José Santana, o superintendente regional da Caixa no Amazonas, Mário Tonon e o gerente de Filial do FGTS em Manaus, Eduardo Damasceno Pereira.

Sinésio relatou sobre a importância do FGTS para o Brasil “Estamos falando de um instrumento imprescindível ao desenvolvimento econômico e social do Brasil e, principalmente um direito de todo trabalhador”, disse o parlamentar.

 

sinesio campos-fgts

Entre os homenageados está a funcionária da Companhia de Pesquisa Mineral no Amazonas (CPRM), Maria da Silva Perrone, considerada a mais antiga do Estado do Amazonas, que continua contribuindo com o FGTS. “Já estou aposentada, mas como continuo trabalhando na CPRM, que é regida pela Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT), desconto fundo mensalmente”, informou Maria.

Foi lembrado na Sessão que o FGTS, além de representar um seguro para os trabalhadores demitidos sem justa causa ou que tenham sofrido uma doença grave ou que enfrentem situações de desastre natural, também pode ser resgatado pelos trabalhadores para a compra da casa própria e financiamento habitacional.

O presidente da Sessão fez agradecimentos a todos que contribuem de forma direta ou não, com a existência do FGTS” Falar 50 anos não causa peso, mas dizer meio século de muita dedicação e crescimento social para o brasil, isso é louvável”, encerrou o parlamentar.

Também participaram da Sessão Especial o secretário executivo da Secretaria do Trabalho (Setrab), Breno Ortiz, que representou o governador José Melo (PROS), o superintendente do CPRM,  Marco Antonio Oliveira e outros.

Áida Fernandes