Aleam promove Cessão de Tempo em homenagem ao Dia do Estudante

By -

diadoestudanteAcontece às 10h desta terça-feira (11) Cessão de Tempo em homenagem ao Dia do Estudante. A autoria é do deputado José Ricardo Wendling (PT) e da deputada Alessandra Campêlo (PCdoB) e será realizado no plenário da Assembleia Legislativa do Estado (Aleam).

O Dia do Estudante é uma data especial, pois é uma homenagem a todas as pessoas que valorizam o conhecimento e o crescimento pessoal. É comemorado em 11 de agosto porque esta é a data em que foi instituído os dois primeiros cursos de nível superior no país: ciências jurídicas e ciências sociais no Brasil, por Dom Pedro I, no século XIX. Vale lembrar que ao longo dos anos este dia também marcou eventos importantes, como a criação da União Nacional de Estudantes (UNE), em 1937, que é a entidade representativa dos estudantes no País.

Para José Ricardo, os estudos são importantes, pois é com eles que se adquire o conhecimento, a cultura, e se traça objetivos na vida. Estudar é exercitar a memória para adquirir conhecimentos, aprender. Ele enfatizou que a educação é uma responsabilidade dos governantes, porém, ainda se apresenta de forma deficitária. Embora no Brasil a educação tenha alcançado grandes avanços, ainda é um problema social, explicou o parlamentar, pois não atende a demanda da quantidade de crianças e de jovens que deveriam ingressar nos estudos.

Segundo o Plano Estadual de Educação (PEE), integram o sistema estadual de educação do Amazonas cerca de 1,1 milhão de alunos, que estudam nas mais de 5,5 mil escolas, entre públicas e privadas, além de 150 mil cursando o ensino superior.

“No Amazonas, a situação conta com o descaso dos governantes, uma vez que muitas escolas não possuem estrutura física adequada, faltam profissionais qualificados, além de contar com o alto índice de evasão escolar. Esses e tantos outros motivos são responsáveis para que grande número de crianças e adolescentes não tenham a oportunidade de estudar e pelos baixos indicadores educacionais, a exemplo do Enem (Exame Nacional de Ensino Médio), onde o Estado aparece com a segunda pior escola do Brasil”, declarou o deputado, ressaltando que, enquanto parlamentar, tem feito a sua parte, fiscalizando escolas na capital e no interior, cobrando do poder público melhorias na educação e denunciando na justiça as irregularidades encontradas, pedindo investigação e providências.

Para essa Cessão de Tempo, foram convidados, dentre outras entidades: Conselho Estadual da Juventude (Cejam), União Municipal dos Estudantes Secundaristas (Umes), União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes), União Nacional dos Estudantes (Une), Diretório Central dos Estudantes da UEA (DCE), União Estadual dos Estudantes (UEE), Juventude Municipal do Partido dos Trabalhadores e Juventude Estadual do Partido dos Trabalhadores.

Roberto Brasil