Adail Filho é condenado por propaganda paga no Facebook

By -

O Ministério Público Eleitoral no Amazonas obteve a condenação do prefeito do município de Coari (AM), Adail Filho (PP), por propaganda eleitoral irregular nas eleições suplementares para governador. Em representação eleitoral movida pelo Ministério Público, a Justiça Eleitoral condenou o prefeito por ter utilizado publicidade paga para promover postagem em benefício da candidata Rebecca Garcia (PP).

Adail Filho utilizou o serviço de impulsionamento oferecido pelo Facebook – ferramenta por meio da qual o interessado paga um determinado valor, com a finalidade de que sua publicação atinja um número maior de internautas que são vinculados à rede social, inclusive aqueles que não fazem parte do rol de amizades de quem posta o vídeo, foto, texto, etc. – para publicar, na rede social, postagem de propaganda da candidatura de Rebecca.

A Justiça Eleitoral condenou Adail José Figueiredo Pinheiro (conhecido como Adail filho, filho do ex-prefeito de Coari, Manoel Adail Pinheiro) ao pagamento de multa no valor de R$ 30 mil, em razão da propaganda irregular.

CLARO&ESCURO/D24AM

Roberto Brasil