Acidente com avião da Chapecoense tem 75 mortos

By -

chapeco

ATUALIZADA – Ao menos 75 pessoas morreram após a queda do avião que transportava a equipe do Chapecoense, afirma o prefeito de Médelin, Frederico Gutierrez. A identidade das vítimas não foi confirmada, segundo o G1. De acordo com a 360 Radio Colombia, as buscas foram suspensas na região por causa da chuva. A informação foi repassada pelo General José Acevedo Ossa.

Segundo comunicado de imprensa publicado pelo aeroporto José Maria Córdova, de Rionegro, na Colômbia, ao menos seis pessoas morreram. A aeronave apresentou falhas elétricas. O avião transportava 72 passageiros e 9 funcionários de bordo. O clube viajava de Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia, para Medellín, onde disputaria a final da Sul-americana. A Conmebol adiou definitivamente a final.

Ainda segundo o comunicado, equipes de Bombeiros, da Polícia, da Prefeitura de Rionegro continuam as buscas por vítimas. De acordo com informações do jornal Zero Hora, o ex-lateral Alan Ruschel, do Internacional, é um dos sobreviventes. Ele está ferido e foi levado para o hospital de La Cepa. Os goleiros Danilo e Follmann também foram resgatados com vida, bem como o zagueiro Neto. Uma comissária de bordo também sobreviveu ao acidente.

Confira a lista de jogadores que estavam no avião

Atacantes: Kempes, Ananias, Lucas Gomes, Tiaguinho, Bruno Rangel e Canela.

Volantes: Josimar, Gil, Sérgio Manoel, Matheus Biteco, Cleber Santana e Arthur Maia.

Zagueiros: Marcelo, Filipe Machado, Thiego e Neto.

Laterais: Gimenez, Dener, Alan Ruschel e Caramelo.

Goleiros: Danilo e Follmann.

Mario Dantas