Abdala Fraxe defende união para tirar o país da crise

By -
Dep. Abdala Fraxe

Dep. Abdala Fraxe

O deputado estadual Abdala Fraxe (PTN) defendeu, na manhã de hoje, na tribuna da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), a união dos poderes e parlamentares na busca pela solução que o país precisa para sair da crise política e econômica, diante do momento atual, com a aprovação do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) pelo Senado Federal.

Fraxe estranhou que o Partido Trabalhista agora, com o declínio do atual governo, direcione ataques ao Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB), do vice-presidente Michel Temer e do ex-presidente da Câmara Federal Eduardo Cunha, haja vista que há 3 meses era a “noiva referendada”, o apoio que o governo não poderia perder, segundo declarações do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). “Eles demoraram 13 anos para perceber que o PMDB não prestava ou era incorreto, porque o grande problema não era o PMDB, ma sim o PT”, disse.

“E quando a gente percebe que ao invés dessa turma do PT cair na real, perceber o buraco que eles meteram o Brasil e que a partir de hoje essa história vai ser mudada, o que a gente escuta é que vai ter luta, vai ter reivindicação, vai ter gente queimando pneu na rua, vai ter gente invadindo fazendas produtivas ou não. Nós temos é que nos irmanar para achar soluções, queimar pneus e invadir propriedade alheia não vai tirar o Brasil dessa verdadeira bancarrota”, enfatizou.

O parlamentar afirmou, ainda, que não defende o PMDB e tampouco a corrupção, referindo-se ao ex-presidente Eduardo Cunha, réu em uma ação da operação Lava Jato e investigado em vários procedimentos. “Não tenho corrupto favorito, se for comprovado alguma coisa de qualquer partido, seja do PSDB ou até do PTN pode levar. A preocupação que temos que ter é a recolocação do país nos trilhos do desenvolvimento”, finalizou.

Mario Dantas