Abaixo-assinado para ponte Rio Solimões ganha força após licença ambiental da BR-319

By -

"Essa mobilização tem o objetivo de deixar o projeto em evidência", frisou Francisco Souza

“Essa mobilização tem o objetivo de deixar o projeto em evidência”, frisou Francisco Souza

Na manhã deste domingo (15), o deputado Estadual Francisco Souza (PTN), presidente da Comissão de Turismo e Empreendedorismo do Amazonas (Ctur), reiniciou a ação de coleta de assinaturas para o abaixo-assinado em defesa da construção da Ponte Rio Solimões, que vai ligar os municípios de Manacapuru e Manaquiri, no trecho onde o rio Solimões é mais estreito. Quando estiver pronta, a ponte vai ligar o Amazonas ao resto do Brasil pela BR-319. 
Desde 2010, Souza realiza a mobilização. Neste domingo, a ação para coletar novas assinaturas foi realizada no bairro da Compensa, zona Oeste de Manaus.

Ele destacou que apesar do momento de crise econômica que afeta o País e o Amazonas, a mobilização irá continuar. “Agora estamos nessa crise, mas é uma fase que o País vai passar e essa mobilização tem o objetivo de deixar o projeto em evidência. Quando estivermos prontos para novos investimentos e obras, essa construção não será esquecida”, disse.

francisco_souza_ponte_rio_solimoes 2Francisco Souza ressaltou que, com o anúncio em abril de que a presidente do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Marilene Ramos, assinou o licenciamento para manutenção da BR-319 que liga Manaus a Porto Velho, a ponte se torna fundamental para ligação do Amazonas.

O Ibama concedeu a autorização para reparos do trecho do meio (entre os quilômetros 250 e 655,7). De acordo com o Instituto, a licença é valida por um ano a partir da data de emissão.

Neste domingo, foram recolhidas aproximadamente duas mil assinaturas dos moradores. Um estande foi montado na avenida Oscar Borel, antiga São Pedro, mas equipe também percorreu ruas adjacentes e a popular “feirinha” do bairro.

francisco_souza_ponte_rio_solimoes 3De acordo com o deputado Francisco Souza, outros municípios também estão nessa causa, se mobilizando para coletar assinaturas, que já somam mais de 65 mil. O objetivo é reunir 100 mil assinaturas para o projeto de construção.

 A próxima ação está marcada para sábado, 21, no distrito de Cacau Pirera, no município de Iranduba. A Assembleia Legislativa do Amazonas, também disponibilizou um estande, no hall da instituição para recolher assinaturas.

Roberto Brasil