A vitória de um Povo

By -

Artur5

Alguns indivíduos ao se deparar com uma situação de conflito pode vivenciar três tipos de sentimentos diferentes: a fuga, a depressão ou a reflexão, que nada mais é que o renascer das cinzas, como a Fênix, e enfrentar a tudo e a todos em busca de soluções.

Pois é, além disso, estudos psicológicos comprovam que os indivíduos que fazem a opção pela reflexão, pelo renascer, além de ficarem e enfrentarem os problemas, ainda conseguem se beneficiar com eles, aprendendo e crescendo emocionalmente. Essas são as pessoas resilientes.

O termo veio da física para designar a capacidade que alguns materiais têm de absorver impactos e retornar à forma original. Quando se trata do comportamento humano, a palavra significa a habilidade de lidar e superar as adversidades, transformando experiências negativas em aprendizado e oportunidade de mudança. Ou seja, “dar a volta por cima”.

Apesar de o termo ser usado há mais de 30 anos pela psicologia, a palavra ganhou popularidade depois do ataque terrorista ao World Trade Center, nos EUA, em 11 de setembro de 2001. Depois da tragédia, o governo do então presidente George W. Bush distribuiu cartilhas às pessoas envolvidas com o acidente para ensiná-las e estimulá-las a retomar a vida normalmente, superando o trauma.

O ex-senador Artur Virgílio Neto pode ser considerado um ser resiliente. Depois de lhe ser retirado o mandato de Senador, teve a capacidade de superar todas as adversidades e partir para a vitória mais consagradora da história recente de Manaus. No próximo dia 28 de outubro Artur se tornará o prefeito de Manaus com a maior votação de todos os tempos, derrotando todos os que lhe arrancaram do senado.

A vitória de Artur tem um significado muito importante para a democracia, pois, mais uma vez fica provado que o povo não tem dono e que a época da escravidão já vai longe, nosso povo aprendeu a buscar suas próprias decisões e é capaz de decidir seu destino da maneira que desejar.

Aqueles que deixaram o Amazonas sem voz no Senado terão que amargar a maior derrota de todos os tempos, mesmo com todo apoio das administrações federal e estadual.

A experiência de Artur, sua capacidade de trabalho, seu poder de aglutinação, junto com seu transparente legado de vida pública, pautada pela ética, honradez e amor pelo o que faz está conseguindo derrotar a arrogância, a mentira e todo o esquema de poder econômico que se montou para retirá-lo do cenário político.

A vitória de Artur e Hissa, é a vitória de um povo que não aceita ser marionete de ninguém, não verga e nem quebra a espinha dorsal para nenhum aventureiro. É mais que uma vitória, é a essência da DEMOCRACIA.

Viva Manaus! Viva Eu, Viva Você, Viva Nós Manauaras e Viva Artur que assim como nós, é um herdeiro de Ajuricaba.///Fátima Borges / Psicóloga

Redação