A história de um campeão

By -
Marcos Johnson de Assis, o Marcão

Marcos Johnson de Assis, o Marcão

Da Redação – O Blog da Floresta publica, com exclusividade, na terça-feira, 24, a história do atleta de voleibol Marcos Johnson de Assis, o Marcão. Nascido em Manaus no ano de 1958, desde os 12 anos pratica esse esporte.

Campeão por todos os clubes que passou, desde os daqui da terra de Ajuricaba, do Rio de Janeiro, São Paulo, até os clubes europeus de Portugal e Itália, onde se “aposentou” devido a uma grave lesão no ombro, Marcão é ignorado no meio esportivo de Manaus.

Apesar de todos esses títulos estadual, brasileiro e internacional, essa grande expressão do vôlei amazonense não tem merecido o apoio da Federação Amazonense de Vôlei (FAV) e nem as honras que merece dos órgãos governamentais e legislativos.

Agora mesmo o atleta volta a ser esquecido para os eventos oficiais das Olimpíadas em Manaus. Já havia sido esquecido para a Copa do Mundo da Fifa de 2014, em não ser lembrado para carregar a Tocha de Abertura do evento e, novamente, a coordenação dos jogos olímpicos volta-lhe as costas. Marcão não merece esse descaso.

Seria de bom tom a coordenação divulgar os critérios que levou para escolher os nomes listados para tal corrida com a Tocha Olímpica. Soa estranho que alguns nomes de apresentadores de programa esportivo e até militantes do meio cultural amazonense, por exemplo, ganhem maior destaque em detrimento daqueles que realmente representaram de fato e direito a história desportiva de nossa região. (Jersey Nazareno)

Roberto Brasil