Prefeitura de Figueiredo entrega cesta básica à famílias carentes

By -

cestasbasica-figueiredo-blogdafloresta-01Da Redação – Dona Maria de 104 anos foi uma das beneficiadas e sua filha, conhecida como Val, responsável por cuidar da idosa, ficou surpresa, pois não esperava receber um presente logo no início do ano. “Quando bateram na minha porta achava que era apenas uma visita. Essa cesta chegou em boa hora. Deixei de trabalhar para cuidar de minha mãe e hoje recebo esta bênção no início de 2016. Obrigado ao prefeito pela lembrança”, disse.

cestasbasica-figueiredo-blogdafloresta-02Todas as pessoas que receberam essa cesta básica, no inicio desse ano, ficaram satisfeitas e elogiaram muito a atitude da Prefeitura da Terra das Cachoeiras, que através da Secretaria de Cultura e Eventos, realizou mais uma ação em prol do bem estar da sua comunidade. As cestas básicas foram entregues a família mais necessitada em diversas áreas do município, através de uma seleção feita pelos Agentes Comunitários de Saúde e tudo ocorreu da maneira mais tranquila possível.

cestasbasica-figueiredo-blogdafloresta-03As cestas básicas doadas foram provenientes de uma Gincana Cultura realizada no ano passado no aniversário da cidade, onde as secretarias municipais arrecadaram produtos perecíveis e brinquedos no intuito de justamente serem entregues a pessoas necessitadas.

cestasbasica-figueiredo-blogdafloresta-05O prefeito Neilson Cavalcante (PSB), há mais de três anos comandando a administração de Presidente Figueiredo, tem se preocupado muito com a vida da população da região, focando na melhoria da sua gente tanto na sede do município, como das vilas, comunidades; recuperando estradas, ramais, como no tratamento humanitário, interagindo de uma forma simples e objetiva, através de eventos, festas, mas sempre achando um meio de dar trabalho, emprego e melhorar a renda das famílias Figueidenses.

cestasbasica-figueiredo-blogdafloresta-04A entrega dessas cestas básicas ocorreu na última quarta-feira (13). A Terra das Cachoeiras segue na transparência de suas águas limpas, puras e cristalinas, sem deixar que a “sede” de vencê-la torne-se uma obsessão e embace a visão de quem ontem nem na clareza das águas se percebeu. (David Almeida – Fotos: Jackson Salvaterra)

Roberto Brasil