4ª Conferência Municipal de Políticas para as Mulheres com inscrições até amanhã

By -

4ª Conferência Municipal de Políticas para as MulheresAs inscrições para a 4ª Conferência Municipal de Políticas para as Mulheres, que acontece em Manaus, de 22 a 24 de setembro, encerram nesta terça-feira, 15. O evento, promovido pela Prefeitura de Manaus, sob a coordenação da Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Direitos Humanos (Semmasdh), por intermédio do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher (CMDM), visa discutir e elaborar propostas de políticas que contemplem a construção da igualdade de gênero, na perspectiva do fortalecimento da autonomia econômica, social, cultural e política das mulheres e contribuam para o exercício pleno da cidadania pelas mulheres da cidade de Manaus. As inscrições deverão ser feitas na sede do CMDM, no Centro Social Urbano (CSU) do Parque 10.

O tema deste ano é “Mais direitos, participação e poder para as mulheres” e será dividido nos seguintes eixos temáticos: “Contribuição dos conselhos dos direitos da mulher e dos movimentos feministas e de mulheres para a efetivação da igualdade de direitos e oportunidades para as mulheres em sua diversidade e especificidades: avanços e desafios”; “Estruturas institucionais e políticas públicas desenvolvidas para as mulheres no âmbito municipal, estadual e federal: avanços e desafios”; “Sistema político com participação das mulheres e igualdade: recomendações” e “Sistema Nacional de Políticas para Mulheres: subsídios e recomendações”.

Para a secretária da Semmasdh, Goreth Garcia Ribeiro, a conferência vai oportunizar discussões sobre a igualdade, tendo como perspectiva o fortalecimento da autonomia econômica, social, cultural e política, contribuindo assim, para a erradicação da extrema pobreza, da violência e para o exercício pleno da cidadania das mulheres no município de Manaus.

"É fundamental a participação dos movimentos para que a gente possa formular ações concretas do município", afirmou a secretária Goreth Garcia

“É fundamental a participação dos movimentos para que a gente possa formular ações concretas do município”, afirmou a secretária Goreth Garcia

“Temos que pensar a cidade e os espaços que nós podemos ocupar. É fundamental a participação dos movimentos para que a gente possa formular ações concretas do município. Criar, propor e discutir as possibilidades”, afirmou.

Além das discussões, serão eleitas 100 delegadas para participar da Conferência Estadual. As organizações da sociedade civil que quiserem participar deverão apresentar no ato da inscrição os seguintes documentos: ata de fundação da entidade; comprovação de três anos de existência; indicação de, no máximo, três representantes e dados pessoais de cada participante.

“A conferência municipal é uma etapa obrigatória para a construção das propostas em nível estadual e nacional. Ela leva em consideração a realidade local, tratando de diversos eixos como a saúde, educação, feminicidio e o enfrentamento à violência contra as mulheres, além do próprio sistema político, como se apresenta para as mulheres”, afirmou a presidente do CMDC, Gláucia Soares.

Uma das presenças já confirmadas no evento é a secretária-executiva de Políticas para as Mulheres, Linda Goulart, representante do governo federal. A conferência será realizada no Centro de Convenções do Amazonas Vasco Vasques, localizado na avenida Constantino Nery, nº 5001.

Roberto Brasil