20 mil pessoas são prejudicadas com paralisação na Líder

By -

Os rodoviários são contra o fim da compensação de horas extras e feriados – Daniel Landazuri

Aproximadamente 20 mil pessoas que utilizam o transporte público foram prejudicadas no início da manhã desta quinta-feira (23) por causa de uma paralisação dos funcionários da empresa Líder, que opera 21 linhas com 85 ônibus na Zona Norte de Manaus.

Os funcionários da Líder, com o apoio do Sindicato dos Rodoviários, fizeram um ato de advertência contra  o fim da compensação de horas e feriados, que passa a ser proibido pelas empresas a partir do novo acordo coletivo da categoria.

Às 6h desta manhã os carros da empresa começaram a deixar as garagens e a operação das linhas foi restabelecida. A movimento paredista não foi comunicado nem à prefeitura, nem ao Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram).

EM TEMPO

Roberto Brasil