1ª Feira de Agronegócios do Amazonas

By -

Após anuncio de que o Amazonas está pronto para receber a certificação nacional de estado livre da Febre Aftosa com vacinação, a Secretaria Estadual de Produção Rural (Sepror) participa da 1ª Feira de Agronegócios do Estado. O evento será realizado em parceria com a Universidade Nilton Lins, no período de 29 de agosto (terça-feira) a 3 de setembro e deve ter aporte de R$ 2 milhões do Governo do Estado em investimentos para fins de financiamento do setor.

O evento acontece  na universidade Nilton Lins, no Parque das Laranjeiras, em espaço que conta com estrutura de arquibancadas, auditórios, pista eqüestre, restaurante, entre outros, com atividades pela manhã,  à tarde e à noite.

A Feira terá o primeiro leilão de gado virtual com venda de animais de elite. O Secretário da Sepror, Dedei Lobo, projeta que com a certificação nacional de área livre de aftosa, o Amazonas vai abrir o  mercado pecuário com produtores de todo o país, através de leilões presenciais  e, no próximo ano, estará pronto para abrir as fronteiras com o exterior dando forte impulso na economia do estado.

A certificação nacional com vacina foi anunciada pelo Departamento de Saúde Animal do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), aguardando apenas a entrega oficial do documento. O próximo passo será a certificação internacional, prevista para ser concedida em maio do próximo ano, em Paris.

O processo de certificação nacional deve ser consolidado nos próximos dias pelo Mapa, com a ida do governador David Almeida a Brasília, onde receberá o documento oficial das mãos do ministro da Agricultura,  Blairo  Maggi. Segundo estimativas da Sepror, o Amazonas pode se tornar o 1º estado brasileiro com certificação internacional de área livre de aftosa sem vacinação, já em 2020.

“É um momento histórico. O Estado já está livre da febre aftosa. Oficialmente, nós vamos encontrar o ministro Blairo Maggi para que essa condição seja confirmada e publicada no Diário Oficial. Assinamos uma carta de compromisso para que o Amazonas permaneça livre da febre aftosa a nível nacional, e que também possa ter o reconhecimento internacional que se dará no próximo ano. O avanço econômico é imensurável com a abertura de trânsito e passe livre no mercado nacional e em breve internacional”, comemora o secretário da Sepror, Dedei Lobo.

Pecuária em números – O Brasil é o maior exportador de carne do mundo, exportando atualmente para 150 países. O maior rebanho do Amazonas com 345.207 animais é do município de Boca do Acre seguido por Apuí com 132.371. O rebanho total do estado é de 1.210.509, o que representa  2,5% do Produto Interno Bruto (PIB) e 8% de todo o setor primário.

Feira de Agronegócios

A I Feira de Agronegócios é promovida por meio de parceria entre a Universidade Nilton Lins, o Governo do Estado e a iniciativa privada. O objetivo é a promoção e desenvolvimento do setor para impulsionar atividades comerciais, divulgar novas tecnologias e atrair o público alvo de produtores, empresários, agências de fomento e estudantes, entre outros.

A Sepror  também  vai participar de exposições  e realizar  cursos e palestras  no Workshop de Agronegócios que acontece dentro da Feira de 29 a 30 de agosto. Os temas são sobre as cadeias produtivas do estado, como Avicultura, Piscicultura Familiar Como Geração de Renda, Manejo Reprodutivo em Caprinos e Ovinos e Amazonas no Agronegócio: Resultados e Desafios.

Roberto Brasil